Noticias

Governo vê índices positivos da pandemia e anuncia vacina para voluntários

Na entrevista coletiva de hoje (05), no Palácio dos Bandeirantes, integrantes do Governo do Estado e membros do Comitê de Contingência do coronavírus anunciaram evolução nos indicadores relacionados à pandemia de Covid-19. O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, chamou a atenção para a evolução na ocupação média de leitos de UTI.

“Na sexta-feira passada (31), tínhamos 66% de ocupação média dos leitos de UTI no estado de São Paulo. Na segunda-feira (03) avançamos para 62% e hoje atingimos 60,2%. Essa queda vem acontecendo de maneira significativa e a letalidade vem também melhorando. Ela é de 4,1% hoje, ante 4,2% no dia 3”, afirmou Vinholi. Esta evolução positiva vem se dando ao longo de dias e semanas, mas é, advertiu Vinholi, “ainda um momento de cautela e de união de esforços para que possamos prosseguir com essa melhoria nos índices”.

Ainda na coletiva de imprensa de hoje, o governador João Doria anunciou que cinco centros de pesquisa em todo o Brasil iniciam testes da vacina CoronaVac em voluntários. Até sábado (8), centros em Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), São José do Rio Preto (SP) e Porto Alegre (RS) começam os testagens da nova vacina contra o coronavírus.

No total, são até aqui 12 núcleos científicos selecionadas para a terceira e última fase de ensaios clínicos, que devem ser concluídos entre o final de outubro e o início de novembro. O imunizante é desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa SinovacLife Science.

Já no dia de hoje, as vacinas começam a ser aplicadas em profissionais da saúde na Universidade de Brasília (UnB) e, amanhã (06), no Hospital das Clínicas na Unicamp, em Campinas (SP). Na sexta-feira (07), as ações serão iniciadas no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, e na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (SP). No sábado (08), será vez do Hospital São Lucas da PUC do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

As informações são da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Governo do Estado de São Paulo.



Rádio Luzes