Após dizer que pediria explicações, Lula se reúne com ministro Juscelino Filho nesta segunda

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

PUBLICIDADE

Reportagens do ‘Estado de S. Paulo’ dizem que ministro das Comunicações usou dinheiro público para ir a SP resolver questões pessoais. ‘Se não provar inocência, não pode ficar’, afirmou Lula.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reúne nesta segunda-feira (6) com o ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União). Na pauta, estarão as denúncias de que Filho teria viajado com dinheiro público para resolver questões pessoais em São Paulo, em janeiro.

O caso foi inicialmente revelado em reportagens do jornal “O Estado de S. Paulo”. De acordo com o Estadão, Juscelino foi para São Paulo com dinheiro do governo, mas cumpriu agenda que era predominantemente de assuntos pessoais.

Segundo o jornal, em três dos quatro dias de viagem, o ministro se ocupou de atividades ligadas a seus cavalos de raça e participou de leilões.

Na última quinta (2), Lula já havia dito que cobraria “explicações” de Juscelino Filho sobre o caso. Naquele momento, no entanto, o ministro estava em viagem oficial.

“Eu tentei esta semana conversar com o Juscelino. O ministro Juscelino está viajando, está no exterior, a serviço do ministério, discutindo em um encontro de telecomunicações. Eu já pedi para o ministro Rui Costa [da Casa Civil] convocar ele para segunda-feira a gente ter uma conversa, porque ele tem direito de provar sua inocência. Mas se ele não conseguir provar a sua inocência, ele não pode ficar no governo”, afirmou o presidente.

Juscelino Filho é do União Brasil, partido que não compôs a chapa eleitoral de Lula e, atualmente, tem três ministros no governo. Apesar de integrar a Esplanada dos Ministérios, o União se diz “independente” nas votações do Congresso – uma posição que incomoda a base política do governo.

Fonte: globo.com

Foto:  DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Acesse Também