Thiago Brochi participa de debate por Hospital Regional no Parlamento Metropolitano da RMC

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Fonte: Câmera Municipal de Americana
Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

O presidente da Câmara Municipal de Americana, vereador Thiago Brochi (PL), participou na sexta-feira (12), na Câmara Municipal de Jaguariúna, da 3ª reunião de 2024 do Parlamento da RMC (Região Metropolitana de Campinas). O principal assunto discutido foi a necessidade de implantação de um Hospital Regional Metropolitano.

 

O prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB), participou da reunião e ressaltou a importância da luta, pelos vereadores, por um Hospital Regional. “Os municípios da RMC contam com atendimento primário e por vezes secundário em Saúde. Mas terciário, apenas em Campinas”, pontou.

 

“Não é possível que a região de Campinas, com mais de 3 milhões de habitantes, tenha apenas cerca de 400 leitos hospitalares, enquanto em São José do Rio Preto, com pouco mais de 1 milhão de pessoas, conta com 800”, apontou Reis.

 

O prefeito citou que inclusive já existe uma área disponibilizada pela Unicamp. A expectativa do projeto é incluir todas as 42 cidades de abrangência da Divisão Regional de Saúde 7 (DRS-7), que incluem Campinas, Jundiaí, Bragança Paulista e Atibaia.

 

Thiago Brochi citou que Piracicaba tem um Hospital Regional, administrado pela Unicamp e atendendo pacientes das 24 cidades que compõem a Região Metropolitana de Piracicaba, mais o município de Itirapina.

 

Brochi, que exerce a função de 1º tesoureiro do Parlamento, também destacou a luta conjunta. “É um equipamento de saúde de extrema importância. Os vereadores estão próximos dos cidadãos e sabem a necessidade. É preciso ampliar mais 400 leitos”, reforçou.

 

Moção de repúdio

 

Os membros da Comissão de Segurança Pública do Parlamento, da qual Brochi faz parte, deliberaram ainda pelo envio de moção de repúdio a um jornalista da Rádio Morada do Sol, em Araraquara. Ele falou que policiais militares são “mal preparados, analfabetos, pois estudam pouco”, e que “são contra a democracia e adoram a ditadura militar”.

 

“O jornalista em questão não somente atinge a instituição Polícia Militar, os policiais da ativa e da reserva, familiares e amigos, como atenta contra o Estado Democrático de Direito”, descrevem.

 

 

A reunião de vereadores e presidentes dos legislativos contou ainda com a palestra “A força da comunicação pública e estratégias eleitorais”, do jornalista Edinho Baffi, especialista em marketing político, comunicação pública, gestão de imagem, prevenção e gerenciamento de crises. A próxima reunião, marcada para o mês de maio, será na Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste.

Acesse Também