Água Santa vence ida da final do Paulistão e tira invencibilidade do Palmeiras

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Marcos Ribolli

PUBLICIDADE

Bruno Mezenga marca duas vezes e dá vantagem ao time de Diadema; Palmeiras perde invencibilidade

O Água Santa surpreendeu novamente no Paulistão e bateu o Palmeiras por 2 a 1, na primeira partida da final, neste domingo (2), na Arena Barueri. Endrick marcou seu primeiro gol na temporada para o Verdão, mas o destaque foi Bruno Mezenga, que balançou as redes duas vezes e garantiu a vitória ao Netuno.

A derrota para o time de Diadema foi a primeira dos comandados de Abel Ferreira no ano. O último revés do Verdão foi no dia 13 de novembro de 2022, nos 3 a 0 para o Inter no Beira-Rio, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, quando o Palmeiras já havia garantido o título.

A finalíssima será disputada no próximo domingo (9), no Allianz Parque. O Palmeiras precisa vencer por um gol de diferença para levar para os pênaltis. Em caso de vitória por dois ou mais gols, o Alviverde fica com a taça no tempo normal. Já o Água Santa pode até empatar para levantar a taça inédita.

O primeiro tempo foi repleto de chances para os dois lados, com bola na trave e grande atuações dos goleiros. O artilheiro Bruno Mezenga abriu o placar para o Água Santa após cobrança de escanteio de Luan Dias.

O empate do Palmeiras foi mais que especial, por causa do autor. Raphael Veiga cobrou escanteio, Zé Rafael desviou na primeira trave e Endrick empatou a partida no segundo tempo. A joia da base do Alviverde vinha sofrendo pressão por não marcar em partidas oficiais na temporada.

Mas a tarde era mesmo de Bruno Mezenga. O jogador do Netuno recebeu de Patrick Allan e, já nos acréscimos, colocou a equipe em vantagem na disputa pela taça do Paulistão.

Fonte: band.com.br

Acesse Também